Protetor Solar Natural, Aprenda a Fazer o Seu

Por Cris Marcondes

Durante o verão, estamos sempre preocupados em proteger nossa pele, mas em um país como o nosso de clima tropical é praticamente verão o ano todo. E... pra a maioria das pessoas, isso significa lambuzar-se de protetor solar como as propagandas de marketing na TV nos ensina.

Porém, embora a proteção solar seja importante para evitar queimaduras de sol, bloqueá-lo totalmente não é o ideal. E o pior de tudo é que a maioria dos protetores solares não é útil para evitar câncer de pele, e em alguns casos pode até aumentar as chances disso!

Parece loucura?

Definitivamente, não é uma opinião popular, e certamente não estou encorajando você a não usar protetor solar ou a ignorar os conselhos de seu médico. No entanto, estou encorajando você a fazer sua própria pesquisa, a estudar os estudos reais e usar o bom senso quando se trata de exposição solar.

A queimadura solar é prejudicial. Mas o protetor solar não é a única maneira de evitar que ela ocorra.

O Problema do Protetor Solar Industrializado

Muitos protetores solares tem ingredientes tóxicos ou produtos químicos como disruptores endócrinos (substâncias químicas que interferem no sistema hormonal, alterando a forma natural de comunicação do sistema endócrino, causando distúrbios em nosso organismo) que, em muitos casos, podem realmente promover o crescimento do câncer de pele e a produção de radicais livres no organismo.

Na verdade, desde que o uso do protetor solar começou, as taxas de câncer de pele realmente aumentaram. E um documento de 2007 do FDA (Food and Drug Administration órgão americano que regulamenta o uso do protetor solar) afirmou que: “O FDA não está ciente dos dados que demonstram que o uso de protetor solar sozinho ajuda a prevenir câncer de pele” Na verdade, muitos relatórios mostram que a maioria dos protetores solares podem sim aumentar o risco do câncer de pele.
E ainda, muitos protetores solares também tem Oxibenzona, um conhecido disruptor hormonal que não é recomendado para uso em crianças.





Pense sobre isso:

Vitamina D = necessária para a formação correta de hormônio entre outras funções importantes no organismo.

Ingredientes dos protetores solares como Oxibenzona = disruptores endócrinos que inibem a formação correta de alguns hormônios.

Está começando a fazer sentido pra você, o por que acho que alguns protetores solares podem fazer mais mal do que bem?

Além disso, ainda tem o fator ambiental... Pesquisas recentes mostram compostos em muitos tipos de protetor solar que são prejudiciais à vida oceânica, especialmente o coral.

Pesquisadores estimam que mais de 5.000 toneladas de protetor solar saem dos banhista a cada ano. Esta "poluição do nadador" ameaça uma grande parte da vida coral no oceano e, indiretamente, muitas outras espécies oceânicas também.

Considerando que muitas pessoas nos dias de hoje são deficientes em vitamina D, eu considero que a falta de vitamina D ou a exposição excessiva ao sol são igualmente prejudiciais a saúde.

A deficiência de vitamina D tem sido associada a muitos tipos de câncer, incluindo os tipos mais mortais de câncer de mama. E ela também tem sido associada a problemas que podem acontecer durante a gravidez, como pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, parto prematuro e muito mais.

Hoje em dia, quando se trata de exposição ao sol, para evitar o câncer de pele, evitamos o sol e a vitamina D que nossos corpos produzem quando estamos expostos ao sol.

Hoje em dia a maioria das pessoas trabalham em ambientes fechados, com ar condicionado. Eu mesma, antes usava sempre de calça, sapato fechado, jaleco e até touca quando ainda trabalhava na industria farmacêutica, e pior lá não tinha nenhuma janela ou brecha de sol. E quando engravidei logo fiz os primeiros exames, os famosos check-ups, resultado: minha vitamina D tava baixíssima e logo na primeira consulta a médica receitou a vitamina D e.... sol! E foi aí que percebi que eu não tomava mais sol. Chegava na empresa as 7 da manhã e voltava as 7 da noite, percebi então que eu previsava fazer um grande esforço para tomar sol diariamente, ao invés de evitar.

Mas é claro que essa exposição tem um limite um horário adequado, e no meu caso na época, infelizmente eu só conseguia tomar sol nos finais de semana e por isso sempre fiz o uso da vitamina de em comprimidos.

Quando meu pequeno nasceu, ai tudo mudou... todos os dias nós dois tomavamos sol pela manhã e quando ficavamos um pouco mais, logo procurávamos uma boa sombra pra evitar exposição excessiva, mas como nem sempre isso era possível comecei a me aprofundar nos estudos sobre fórmulas de protetores solares 100% naturais e seguras pra mim e pro meu bebê (após 6 meses).

E então, eu comecei a preparar meu próprio protetor sola natural
, e eu quero compartilhar aqui com você minha receita para que, se você precisar ficar no sol por longos períodos de tempo, você tenha uma opção natural.

Apenas para esclarecer, mesmo que este protetor solar natural tenha um cheiro bom e seja naturalmente hidratante, eu não recomendo usá-lo diariamente, pois a Vitamina D que você recebe do sol é importante e precisa entrar na sua pele, ok?!

O Protetor Solar Caseiro é Perigoso?

Antes de te passar essa receita, eu quero falar sobre esse assunto que pode ser muito polêmico. O protetor solar caseiro é perigoso?

Vários artigos recentes afirmam que os protetores solares caseiros são prejudiciais e que uma pessoa nunca deve considerar fazer seu próprio protetor solar. E a lógica dessa afirmação é que você não consegue verificar o FPS de protetores solares caseiros, então a chance de ele não te proteger pode ser maior.

Eu certamente concordo que os protetores solares caseiros não têm testes de laboratório que os convencionais tem, mas você sabe o que mais eles não têm? Disruptores endócrinos e compostos químicos. Além disso, o protetor solar na minha opinião deve ser um último recurso, as barreiras físicas como blusas próprias, por exemplo, e a sombra são as melhores opções.

Portanto, não devemos usar protetores solares caseiros da mesma forma que usamos o convencional. Eu também argumentaria que não devemos usar protetores solares convencionais da maneira que normalmente fazemos.

Conclusão: Use o bom senso e tenha uma exposição segura ao sol. A quantidade e a segurança variam de pessoa e eu definitivamente recomendo fazer sua própria pesquisa e conversar com uma aromaterapeuta experiente para descobrir o que funciona melhor para você.

De qualquer forma, eu vou te mostrar agora alguns ingredientes e também vou te passar uma receita, como eu havia prometido, do protetor solar 100% natural.


Escolhendo os Ingredientes do Protetor Solar Natural

Muitos dos ingredientes que vou te mostrar agora têm um FPS (fator de proteção solar) natural. E a receita que eu vou te passar não foi testada por uma organização reguladora para um FPS exato. Por esta razão, não posso (e não vou) fazer quaisquer afirmações ou mesmo suposições quanto ao FPS combinado.

Os ingredientes individuais são considerados de FPS baixos e geralmente citados a esses níveis:

  • Óleo de Amêndoa: FPS cerca de 5

  • Óleo de Coco: FPS 4-6

  • Óxido de Zinco: FPS 2-20 dependendo do quanto é usado

  • Óleo de Semente de Framboesa: FPS 25-50

  • Óleo de Semente de Cenoura: FPS 35-40

  • Manteiga de Karité: FPS 4-6

A versão final terá uma capacidade de proteção solar variada dependendo da quantidade de cada ingrediente usado. Para uma versão simples, até mesmo o óleo de coco e a manteiga de karité com um pouco de Semente de Framboesa e Óleo de Semente de Cenoura ou um pouco de Óxido de Zinco funcionarão para uma exposição moderada.

Como sempre, verifique com seu médico ou dermatologista antes de usar novos produtos em sua pele.

Ingredientes do Protetor Solar Caseiro Simples

  • 180 ml de Óleo de Coco

  • 10 gotas de Óleo Essencial de Lavanda

  • 15 ml de Óleo de Romã

  • 30 gramas de Manteiga de Karitê

  • 30 gramas de Óxido de Zinco

Assista o vídeo e veja como é fácil fazer seu próprio protetor solar:


Dica: derreta todos os ingredientes primeiro e só depois adicione o Óxido de Zinco bem devagar e agite bem.


Ingredientes do Protetor Solar Caseiro Completo

  • ½ xícara de Óleo de Amêndoa ou Oliva

  • ¼ xícara de Óleo de Coco

  • ¼ xícara de Cera de Abelha

  • 2 colheres de sopa de Óxido de Zinco

  • No máximo 1 colher de chá de Óleo de Semente de Framboesa

  • no máximo 1 colher de chá de Óleo de Semente de Cenoura

  • 2 colheres de sopa de Manteiga de Karité

    IMPORTANTE: Não use óleos essenciais de citrinos, pois eles aumentam a sensibilidade ao sol.


Instruções do Protetor Solar Caseiro Completo

  1. Misture os ingredientes, exceto o óxido de zinco, em um frasco de vidro pequeno.

  2. Encha uma panela média com alguns dedos de água e coloque em fogo médio.

  3. À medida que a água aquece, os ingredientes no pote começarão a derreter. Agite ou mexa de vez em quando para misturar. Quando todos os ingredientes estiverem completamente derretidos, adicione o óxido de zinco. Misture bem e despeje em qualquer pote que você use para armazenamento.

  4. Armazenar à temperatura ambiente.

    Observações Adicionais:

  • Este protetor solar não é à prova d’água e precisará ser reaplicado depois de suar ou nadar.

  • Tenha certeza de não inalar o Óxido de Zinco – use uma máscara se necessário!

  • Adicione mais cera de abelha para fazer um protetor solar mais espesso; menos para fazer um protetor solar suave.

  • Armazenar em local fresco e seco ou na geladeira.

  • Eu prefiro armazenar em um pequeno pote de conservas e aplicar como manteiga corporal. Será mais espesso, especialmente se você usar óleo de coco na receita.

  • Remova o Óxido de Zinco e ela se torna uma excelente receita de loção!

Você gostou? Quer aprender mais sobre o uso dos óleos essenciais para melhorar a sua saúde?

Você sabia que os óleos essenciais também podem ser usados para ajudar nos casos de dores, inflamações, infecções na pele, problemas respiratórios ou disfunções metabólicas como a diabetes?

E ainda podem agir na redução de celulites, estrias, rugas e rejuvenescimento facial?

Se você quer aprender a fazer mais receitas com esses produtos 100% naturais para te ajudar com dores no corpo, dores de cabeça, estres, ansiedade, insônia, TPM, pressão alta, problemas intestinais entre outros, clique no botão abaixo para assistir um vídeo e aprender mais.





Sobre a autora:

Cris Marcondes é farmacêutica e atua há 11 anos chefiando equipes de desenvolvimento de medicamentos em multinacionais da área farmacêutica. Há 5 anos começou a estudar e a desenvolver diversas fórmulas com óleos essenciais para uso pessoal – óleos relaxantes, cremes e sabonetes terapêuticos, aromatizantes para o sono e diversos produtos para seu marido e filho.Hoje divide seu tempo escrevendo sobre suas experiências e ensinando outras pessoas a melhorarem suas vidas com óleos essenciais.


Nota: As informações fornecidas neste artigo foram retiradas da experiência da autora. São de caráter informativo e não se destinam a substituir tratamento de seu médico ou de outro profissional de saúde.

Referência bibliográfica

  1. http://www.care2.com/greenliving/the-dangers-of-sunscreen-new-report.html

  2. https://www.huffingtonpost.com/2010/05/24/sunscreens-with-vitamin-a_n_586895.html

  3. http://www.marinesafe.org/blog/2016/03/18/sunscreen-pollution/

  4. https://wellnessmama.com/699/vitamin-d/

  5. http://www.cancercenter.com/community/announcements/vitamin-d-deficiency-cancer-risk/